Palavra do Pároco

Agosto de 2017

 

                                                                                                              Família

 

A nossa Arquidiocese nos convida a celebrar 2017, como o “Ano da Família”. No mês de agosto, temos a oportunidade de refletir sobre as diversas vocações e, durante uma semana inteira, nos aprofundarmos sobre o valor da família para a Igreja e a sociedade. Nesse sentido, a nossa Paróquia Santo Afonso quer reafirmar a sua vocação de acolher e congregar todos os paroquianos(as) e frequentadores(as) como membros da grande família de Deus.

O Brasil é um país formado a partir de vários povos que, ao longo dos anos, vêm gestando uma contínua miscigenação, tornando as famílias brasileiras belas em seu aspecto físico e muito mais belas em sua capacidade de acolher, conviver e se relacionar com aquele que à primeira vista parece ser diferente, mas na verdade “é tão gente quanto a gente”. Precisamos, entretanto, avançar mais na capacidade de amar e entender que precisamos nos humanizar para superar a ferida que magoa e tortura muitas famílias: a chaga do preconceito e da discriminação.

Deus chama o ser humano à vida, e esta é a nossa primeira vocação. Por isso, deve fazer parte do nosso dia a dia agradecer ao Criador por nos abençoar com a oportunidade de vir a este mundo, conhecer as maravilhas da natureza e sermos membros da família humana. No seio da humanidade, somos chamados a contribuir para que o ser humano desenvolva os seus talentos, ajudando assim no progresso dos povos e, ao mesmo tempo, colaborando para que o Reino de Deus aconteça na terra.

Agosto para os Missionários Redentoristas é chamado de mês Afonsiano. Isso porque logo no primeiro dia do mês celebramos o chamado que Deus fez a Santo Afonso, para habitar na morada eterna. Extremamente dedicado no que fazia, Afonso recebeu vários chamados ao longo de sua vida e sempre procurou atendê-los. Vocacionado a exercer o Direito, honrou tanto a sua profissão que preferiu abrir mão dela para não compactuar com a corrupção que imperava, na época, nos tribunais de Nápoles. Vocacionado para a vida presbiteral, buscou ser um padre zeloso, destacando-se em seu ministério por sua oratória e capacidade de acolher os pecadores e os reconduzir à misericórdia de Deus. Vocacionado à vida religiosa, fundou a Congregação dos Missionários Redentoristas para cuidar das pessoas abandonadas.

Meu querido irmão, minha querida irmã, espero que você se sinta em casa em nossa querida paróquia, fazendo parte de nossa família, que, no cotidiano, sempre busca se aprimorar. Busque participar da Semana da Família, que se inicia no Dia dos Pais. Procure discernir qual a sua vocação e sua missão na Igreja, para isso teremos, na última semana de agosto, a Semana Catequética. Com certeza, você dará passos importantes e encontrará luzes para a sua vida!

Que Santo Afonso interceda por você e sua família!

 

Pe. Luís Carlos de Carvalho Silva, CSsR